Tiragem de Cartas - 05 a 11 de setembro


A primeira carta é o 4 de ouros, que alerta sobre ganância, de se prender demais ás coisas ligadas áquilo que você entende por auto-estima. O medo da perda não implica a perda, mas também não significa nenhum lucro, pois aí aparece a estagnação da energia criativa que irá, com toda a certeza, bloquear não apenas os fundos, como também a auto-expressão.


O principal a entender é: não fique parado no tempo, você é uma pessoa guerreira e não deve se contentar apenas com o que já tem, você pode muito mais, você conseguirá mais se souber usar suas energias no que é interessante. Não seja muito materialista, precisamos de bens materiais para termos uma vida confortável, mas se prender somente a eles não te levará muito longe, e se não caminhar, não verá as maravilhas que o mundo pode te ofertar.



A segunda carta é o 3 de copas e sugere a comemoração de um casamento, o início de um romance, o nascimento de uma criança ou qualquer situação promissora de realização emocional, Porém, cada uma dessas situações é também um princípio, uma iniciação, em níveis mais profundos, das experiências do coração e o indício de novas descobertas para o futuro.




A terceira carta é o 7 de paus e sugere uma batalha contra a imaginação do próximo, ou seja, a competição. Você será desafiado a melhorar e a aperfeiçoar seus projetos perante o mundo e precisa aprender a valorizar o próprio instinto de competição e a própria ambição.


O desafio é na realidade um grande teste para a autoconfiança. Quanto ainda está disposto a lutar por algo que acabou de conseguir? Esta investida vinda do lado de fora é um estímulo para a individualidade e ta